Arquivo da tag: Galera Record

Livro 37 – Teardrop – Lágrimas

 

Eu sou apaixonada em outra série da mesma autora, ‘Fallen’, mas se você não gosta, relaxa… esse livro é diferente.
Nesse livro, conhecemos Eureka, que sofre um acidente logo no início do livro e perde a mãe, Diana. Acidente, porque uma onda gigantesca acerta o carro onde as duas estão, em uma ponte. Eureka não chora, desde pequena foi criada para reprimir isso, mas ela sofre como todo humano normal.
Além da protagonista, conhecemos Cat e Brooks (seus melhores amigos), Rhoda (a madrasta), o pai,  os gêmeos Claire e Willian. Aos poucos, nos deparamos com Ander, que é um mistério até o fim do livro. Por mais que a autora não tenha detalhado tanto cada personagem, conseguimos sentir como são no decorrer da história.
A autora utilizou a história de Atlântida como base para este livro. Foi bem legal e diferente conhecer um pouco mais sobre a lenda, nunca li nenhum livro que abordasse o tema. Acho interessante a dedicação da Lauren em pesquisar e ambientar bem seus textos, ela utiliza um ‘livro’ no livro, por meio do qual a protagonista tem acesso às informações que explicam a lenda e esclarecem alguns mistérios que começam a surgir.
Diana, mãe de Eureka, deixa para a filha três heranças, aparentemente sem sentido nem valor nenhum: Um colar, um aerólito e um livro em uma língua desconhecida. Mais coisas estranhas acontecem e Eureka fica curiosa em como esses três objetos poderão ajudar, ou o que sua mãe queria deixando-os para ela.
Eu ainda prefiro ‘Fallen’, mas este livro foi muito bom. Tenho pavor de mar aberto (não sei nadar), então fiquei meio apavorada com as cenas em que a Eureka estava em um barco, ou quando uma onda gigante surgia na praia, ou ainda quando ela tentou salvar os gêmeos de um afogamento. Se resolverem fazer um filme, vai ser bem difícil assistir.
Pela forma como a autora encerrou a história, vem uma continuação por aí.

Sinopse:

Uma nova saga romântica da autora de Fallen.

Depois de perder a mãe em um acidente no mar, Eureka acha que nunca mais voltará a sorrir. E a promessa que fez à mãe – a de nunca mais chorar – se torna quase impossível… até conhecer Ander. Louro, alto e de pele muito branca, o rapaz parece estar em todos os lugares e saber coisas que não deveria sobre Eureka. Inclusive um estranho segredo relacionado às suas lágrimas e aos três artefatos que herdou da mãe: uma carta, uma pedra e um misterioso livro que conta a história de uma menina com o coração partido. Ela chorou tanto que deixou debaixo d´água um continente inteiro. Logo Eureka vai descobrir que a antiga lenda é mais que uma história, que Ander pode estar dizendo a verdade e que sua vida pode ter um curso mais sombrio do que ela imaginou.

A editora disponibilizou o primeiro capítulo, quem se interessar pode conferir um pouco da história aqui:

http://www.galerarecord.com.br/upload/catalogo/527001b33cc0e_prologo_lagrima.pdf

Título: Teardrop
Subtítulo: Lágrima
Autora: Lauren Kate
ISBN: 9788501403971
Páginas: 336
Edição: 1ª
Tipo de capa: Brochura
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Assunto: Literatura Estrangeira – Romances
Idioma: Português
Anúncios

Chegou essa semana #21

Os últimos do mês.

Esperei agoniadíssima que eles chegassem logo, porque a previsão de entrega era até o dia 11/04, mas o Submarino seeeeempre entrega antes né? \o/
Amei!!!

 

Depois de ler o primeiro livro ‘Minha vida fora de série’, apaixonei pelos escritos da Paula Pimenta e corri para aproveitar uma promoção e conseguir mais três dela. ~.~’

Agora, estou me segurando porque tenho outros livros na minha meta de leitura e quero cumprir uma parte maior dela antes de voltar e matar a saudade da turma da Pri e conhecer melhor a Fani.

 

 

 

 

Também consegui mais uma obra da Sophie Kinsella, ainda faltam ‘Lembra de mim’, ‘A irmã de Becky Bloom’, ‘Delírios de consumo de Becky Bloom’ (eu sei, li o digital, então o físico ficou para depois), ‘Menina de vinte’, ‘O segredo de Emma Corrigan’ e ‘Louca para casar’. Minha coleção dela tá ficando recheadinha… ^^

 

 

 

Depois de toooodo mundo falar, e do meu próprio irmãozinho(ão) elogiar tanto o livro, achei que era a hora de conhecê-lo. Confesso que estou torcendo para que não tenha a mesma sensação de ‘Quem é você, Alasca?’. ~.~’

 

 

 

 

 

Completei!!!
Finalmente, depois de tantos anos, consegui um preço bom neles.
Li a série beeeeem antes de lançarem o primeiro filme, ainda em 2006/2007, e me apaixonei pela história.

Agora, posso reler quantas vezes desejar. \o/

 

 

 

 

Um lançamento!

É difícil conseguir lançamentos com preço baixo, e eu considero muito isso… mas esse me chamou bastante a atenção e não estava caro. Foi pro carrinho. ~.~’

A lombada e a capa são lindas!

Livro 33 – Cidade das Cinzas

Bom.
O livro continua bem legal, com muita ação e mistério.
Claire está bem habituada à nova realidade em que se encontra, com seres como vampiros, lobisomens, fadas e magos inseridos em seu mundo, mesmo que ela queira voltar ao tempo em que era uma pessoa ‘normal’ e não sabia da existência de tudo isso.
Nesse livro, ela, Jace e Simon ainda tem uma relação conturbada, os três ainda estão confusos sobre o que sentem e como lidar com esses sentimentos. Eles não tem muito tempo para isso, já que algumas mortes começam a ocorrer sem explicação.
Valentim consegue o segundo instrumento mortal, e todos passam a desconfiar de Jace, já que ele procura o ‘pai’ mais de uma vez e não se abre com ninguém, continuando com sua personalidade afiada tão parecida com a de Valentim. Para tentar controlar melhor a situação, a Inquisidora chega ao instituto e erra mais do que acerta. Ê raiva que me deu dessa mulher!!!!
Legal foi ver a amizade entre o pessoal ficando mais forte. Alec, Isabelle, Luke, Magnus, Claire e Jace continuam ligados e socorrendo uns aos outros quando necessário. E é essa união que faz o livro continuar. ^^
Soltei algum spoiler? Se sim, foi sem notar e tentando ao máximo não fazer isso ok?
É difícil falar de uma sequência sem entregar nada do livro anterior… ~.~’
(mas eu me esforcei!!!)
Espero que gostem tanto quanto eu, que estou me segurando para não devorar o terceiro logo! =D

Sinopse:

Depois ser apresentada ao Mundo de Sombras e a Jace — um Caçador que tem a aparência de um anjo, mas a língua tão afiada quanto Lúcifer —, Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo.

Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai? Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.

 

Leia um trecho do livro AQUI.

 

Autor: Cassandra Clare
Título Original: City of ashes
Tradutor: Rita Sussekind
EAN: 9788501087157
Gênero: Romance estrangeiro
Coleção:Os instrumentos mortais
Páginas: 406
Formato: 16×23
Editora: Galera Record

Livro 32 – Delírios de consumo na 5ª Avenida

Tem como ler um livro dela e não rir?
Triste é ver que os delírios da Becky continuam, assim como ocorre com um monte de gente.
Somos do tipo que tenta aprender com o primeiro erro (se possível, sem cometê-lo), e conhecemos diversas pessoas, inclusive dentro da família, que não utilizam esse senso crítico. O tema principal continua sendo o descontrole de gastos. Como a Sophie consegue manter o interesse dos leitores com um tema recorrente é algo que não consegui descobrir ainda… ~.~’
Becky deveria estar com as contas em dia, mas agora ela tem um emprego na TV e um cartão com um limite absurdamente alto, então ela continua comprando tudo o que vê pela frente, afirmando para si que realmente PRECISA de tudo isso e que é só passar no cartão né? (a fatura chega um dia!!!)
Ela acaba indo parar em Nova York, e lá é a perdição dos descontrolados. Becky sai para um passeio turístico guiado e se separa do grupo em menos de 30 minutos!!! Para fazer o quê? Compras. Ela se empolga com tantas lojas e opções, e seu mundo desaba quando as pessoas próximas a ela descobrem seu descontrole, até então despercebido por ela mesma.
O livro faz a gente rir com as situações ridículas em que a Becky se encontra, mas nos faz refletir sobre prioridades e autocontrole. Muitas vezes sofremos do mesmo problema sem notar, nem sempre financeiramente, mas todos perdemos o controle em algum momento.

Sinopse:

Becky Bloom está de volta. E com um cartão de crédito engatilhado para disparar!

Becky Bloom: Delírios de Consumo Na 5ª Avenida é a continuação do best seller Delírios de consumo de Becky Bloom.

Neste divertido romance, a inglesa Sophie Kinsella leva Becky e seu inseparável Visa para o outro lado do Atlântico. A vida de Becky parece ter se transformado num sonho. Ela trabalha como consultora financeira em um programa de televisão, o gerente de seu banco é um doce e quando o assunto é consumo, seu novo lema é Compre só o que precisar – e por incrível que pareça, Becky parece ser fiel a ele. Mas, como toda regra tem sua exceção, ela continua não resistindo a uma liquidação. Até que, um dia, seu namorado Luke – isso mesmo, o ricaço boa-pinta que a inglesinha conquistou no primeiro livro da série – está de mudança para Nova York (EUA) e convidou-a para ir com ele. Nova York: o Museu de Arte Moderna, o Guggenheim, o Ópera House. Becky quer sim conhecer a vida cultural da Big Apple mas… Nova York é a meca do consumo e nossa heroína não poderia deixar de conhecer alguns lugarzinhos, leia-se lojas, irresistíveis da cidade, como Sacks, Bloomingdales, Sephora e Barney’s. Lógico que, mais uma vez, ela enlouquece. “Como conseguir toneladas daquelas adoráveis amostras de maquiagem? E em qual loja mesmo tinha um vestido Prada por 10 dólares, ou seriam 100?” E por aí vai…

Como em um conto de fadas, é apenas uma questão de tempo para o casal se tornar a sensação de Manhatan. Nada pode atrapalhá-los, principalmente porque as contas de Becky estão a quilômetros de distância, em Londres (Inglaterra). Contudo, enquanto Becky se perde em compras, algo desastroso e inesperado acontece, ameaçando seu trabalho, seu relacionamento e sua linha de crédito. De uma hora para outra os delírios consumistas de Becky Bloom podem colocar muita coisa a perder. Só mesmo com muito bom humor para lidar com essa situação. E isso Becky tem de sobra. Mais uma vez Sophie Kinsella escreve um romance hilariante sobre uma mulher muito parecida com muitas amigas, mães, irmãs e namoradas, retratando, com perfeição, um pouquinho de todas as mulheres que conhecemos.

Título: Becky Bloom

Subtítulo: Delírios de Consumo Na 5ª Avenida

Autor: Sophie Kinsella

ISBN: 9788501064387

Páginas: 464

Edição: 1ª

Tipo de capa: BROCHURA

Editora: Record

Ano: 2002

Assunto: Literatura Estrangeira

Gênero: ChickLit

Idioma: Português

Livro 30 – Feios

Quando comecei a ler, pensei que seria um saco. Não passei da página 9 e parei, indo ao livro “É agora… ou nunca!”, mas depois de terminar o outro tive que escolher novamente a próxima leitura. A vontade de ler algo mais sério me fez voltar a ele. ^^

E eu me empolguei!!!

Suuuuper legalzinho!!!!

Tally é uma garota prestes a fazer 16 anos. Isso não teria nenhuma importância, não fosse pela cirurgia que torna as pessoas ‘Perfeitas’.
Não fica muito claro o que houve com o mundo, mas um caos fez as pessoas tentarem fugir desesperadas. No tempo em que Tally vive, a maioria das pessoas só sabe disso por causa das histórias contadas pelos mais velhos ou na escola.
As cidades são divididas em uma parte para os ‘Feios’ e outra para os ‘Perfeitos’. As pessoas são ensinadas desde pequenos que não precisam se preocupar com nada, pois após os 16 anos tudo será maravilhoso. Uma sociedade onde as pessoas não derrubam mais árvores, onde crescem acostumadas a andar o tempo inteiro com um localizador, a obedecer cegamente as regras que são impostas pelos líderes, a só se interessar pela aparência e festas.

O que fez o livro ter mais de 400 páginas então? É que depois que um amigo da Tally tornou-se Perfeito, ela ficou amiga de uma Feia, Shay, que plantou idéias novas na cabeça de nossa protagonista e a ensinou a questionar. Não dá pra contar muita coisa pois entregaria os mistérios da história. =/

Basta saber que Tally fará novos amigos, que conhecerá um mundo novo lá fora, que viverá aventuras, que sofrerá decepções e será decepcionada, que nos fará pensar em nosso mundo atual e nos problemas e soluções que encontramos nele. ^^

Sinopse:

Séculos depois da destruição da civilização industrial em um apocalipse ecológico, a humanidade vive em cidades-bolha cercadas pela natureza selvagem. Lá, Tally Youngblood é feia. Não, isso não significa que ela é alguma aberração da natureza. Não. Ela simplesmente ainda não completou 16 anos. Em Vila Feia, os adolescentes ficam presos em alojamentos até o aniversário de 16 anos, quando recebem um grande presente do governo: uma operação plástica como nunca vista antes na história da humanidade. Suas feições são corrigidas à perfeição, a pele é trocada por outra, sem imperfeições ou – nem pense nisso – espinhas, seus ossos são substituídos por uma liga artificial, mais leve e resistente, os olhos se tornam grandes e os lábios, cheios e volumosos. Em suma, aos 16 anos todos ficam perfeitos.

Tally mal pode esperar pelo seu aniversário. Depois da operação, vai finalmente deixar Vila Feia e se mudar para Nova Perfeição, onde os perfeitos vivem, bebem, pulam de paraquedas, voam a bordo de suas pranchas magnéticas, e se divertem (o tempo todo). Seu único trabalho é aproveitar muito. Mas, enquanto espera que as poucas semanas até completar 16 anos passem, Tally precisa se distrair.

Uma noite, ela conhece Shay, uma feia que não está nem um pouco ansiosa para completar 16 anos. Pelo contrário: Shay pretende fugir dos limites da cidade e se juntar à Fumaça, um grupo de foras-da-lei que sobrevive retirando seu sustento da natureza.

Para Tally, isso é uma maluquice. Quem iria querer ficar feio para sempre, ou se arriscaria a voltar para a natureza e queimar árvores para se aquecer, em vez de viver com conforto em Nova Perfeição e se divertir à beça? Mas, quando sua amiga desaparece, os Especiais, autoridade máxima deste novo mundo, propõem um acordo com Tally: unir-se a eles contra os enfumaçados ou ficar feia para sempre. Tally, porém, acaba se envolvendo em uma conspiração e descobrirá que, por trás de tanta perfeição, se esconde um terrível segredo. Sua escolha irá mudar o mundo para sempre.

 

Editora: Galera Record
Autor: Scott Westerfeld
I.S.B.N.: 9788501083708
Altura: 21 cm.
Largura: 14 cm.
Profundidade: 1 cm.
Edição : 1
Idioma : Português
País de Origem : Brasil
Número de Paginas : 416

Livro 26 – Os delírios de consumo de Becky Bloom

Hilário!!!!
Geeente, sei que a Becky é meio exagerada, mas quem nunca se pegou empolgado diante de uma bela ‘promoção’??? (até vocês, homens. Vão me dizer que nunca se animaram em poder comprar AQUELE computador tunnado, ou AQUELE aparelho por metade do preço??? Eu sou casada e já vi meu neném com os olhinhos brilhando quando o PC dele chegou, e escuto até hoje como foi um bom investimento um celular com tantos recursos e tão barato! Kkkkkkkkkk)
Ela nos entende, e isso faz dela uma pessoinha realmente legal… ^^
E o que é melhor, depois de ler este livro percebi o quanto compro pouco (né neném?!!!). Fiquei até orgulhosa de mim, eu já resisti a promoções! (a lista de livros desejados está enoooorme, mas não tenho coragem para comprar todos de uma vez).
Sei que existem muitas ‘Beckys’ por aí, que ficam desesperadas quando chegam as cobranças e faturas, sem saber que banco assaltar para pagar tanta coisa. E o livro, mais uma vez, é bom por isso. Ele ensina que podemos aprender a nos controlar, que basta pensar no ‘eu REALMENTE preciso disso’? Que é só tirar tudo do guarda-roupa para ver que você TEM SIM algo para vestir e para calçar, que na SUA ESTANTE TEM LIVROS NÃO LIDOS MOCINHA!!!! Então, nada de comprar!
Se você é como a gente, e pensa em investimentos maiores, vale a pena deixar as compras para depois e colocar aquele dinheirinho na poupança. Se não for assim, nunca sairemos do aluguel, nem teremos nosso carro. (não quero terminar o estágio probatório antes de dar entrada na nossa casa).

Leia um trecho do livro AQUI.

Sinopse:

Rebecca Bloom é uma garota londrina com um péssimo hábito. É uma consumidora compulsiva. Apesar de ser uma jornalista especializada em mercado financeiro, não consegue controlar as próprias finanças. Endividada até a alma, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito. E ainda encontra tempo para se apaixonar. Um romance muito divertido que faz um retrato de quase todas as mulheres que conhecemos.
“Rebecca sou eu. São minhas irmãs. São todas as minhas amigas que já saíram para comprar um chocolate e voltaram para casa com um par de botas. Rebecca são todas as mulheres (e homens) que já se viram parados diante de uma vitrine e souberam, com certeza absoluta, que precisavam comprar aquele casaco e… ai, meu Deus, calças que combinassem com ele!” – Sophie Kinsella
OS DELÍRIOS DE CONSUMO DE BECKY BLOOM é o primeiro romance da inglesa Sophie Kinsella. É a história de uma jornalista financeira que durante o dia, ensina às pessoas como administrar seu dinheiro e no fim-de-semana, transforma-se em uma consumidora compulsiva, fugindo do gerente do seu banco e com muitas dívidas. Rebecca Bloom não resiste uma liquidação! Quanto mais inútil, melhor! Para ela, o mundo todo enxerga os detalhes da alça de seu sutiã, combinando com as cores de seus sapatos. Mas seu salário nunca é suficiente para pagar suas extravagâncias. Endividada até a alma, Rebecca, ou Becky, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito.
OS DELÍRIOS DE CONSUMO DE BECKY BLOOM é um pouco da história de todas as pessoas para as quais comprar é quase uma terapia, a resposta para todos os problemas, mesmo criando outros piores ainda. Entre eles, inventar a próxima desculpa para o gerente do banco: – “Meu pé quebrou! Você não recebeu meu cheque? Meu cachorro morreu!”, são alguns dos argumentos usados por Becky para enrolar seu gerente Derek Smeath. Mas a personagem de Sophie Kinsella não é apenas uma “”material girl”” que só pensa em dinheiro e futilidades. Rebecca é sensível, carinhosa e extremamente otimista. Com essas qualidades, ela vai fazer de tudo para resolver seu problema. Primeiro, tenta reduzir seus gastos a zero, o que logicamente, não funciona. Diante disso, ela resolve que precisa ganhar mais dinheiro, mesmo sabendo que seu emprego está ameaçado.
Nos delírios de consumo de Becky, todos os seus problemas se resolveriam de imediato ao ganhar na loteria, ou se um completo estranho pagasse sua conta do Visa – por engano, claro. Como se não bastasse, em meio a tanta confusão, Becky ainda arruma tempo para se apaixonar pelo sedutor – e expert em finanças – Luke Brandon.
OS DELÍRIOS DE CONSUMO DE BECKY BLOOM é um divertido romance, que retrata com perfeição grande parte das mulheres que conhecemos. A inglesa Sophie Kinsella é escritora e ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira. É extremamente cuidadosa com seu dinheiro e raramente é vista fazendo compras fora de liqüidações. Sophie tem um excelente relacionamento com o gerente de seu banco.
” Inteligente e divertido.” -Sunday Mirror
“Um romance leve e engraçado.” – Daily Mail
“A estreante Kinsella tem ótimo humor.” – Kirskus Reviews

Editora: Galera Record

Autora: Sophie Kinsella

I.S.B.N.: 8501059544

Altura: 20,5 cm.

Largura: 13,5 cm.

Profundidade: 3 cm.

Acabamento : Brochura

Edição : 1 / 2009

Idioma : Português

Tradutor : Eliane Fraga

Em breve na minha estante! \o/ #20

Com tantos livros a ler, e algumas promoções, este acabou ficando pra depois (ainda não encontrei um bom preço para comprá-lo).

É mais uma daquelas apostas de uma boa aventura… esperamos que seja uma leitura empolgante, que possamos viajar e nos divertir nas páginas deste. ^^
Sinopse:

Bernard Cornwell tornou-se conhecido no Brasil com sua trilogia sobre o rei Artur. Neste novo romance, o autor se debruça sobre o passado inglês. A Guerra dos 100 anos é o cenário desta aventura que envolve, também, a busca do Santo Graal. O Arqueiro acompanha a trajetória de Thomas, um jovem recruta inglês, no conflito que opôs a França dos Valois à Inglaterra dos Plantagenetas – e depois dos Lancastre. Aos 18 anos apenas, ele vê seu pai morrer em seus braços após um ataque de surpresa à aldeia de Hookton.

Um lugar simples que escondia um grande segredo – a lança usada por São Jorge para matar o dragão, uma das maiores relíquias da cristandade. Em busca de vingança contra um homem conhecido apenas como Arlequim, o rapaz abandona seus estudos em Oxford, se torna um arqueiro habilidoso e se junta ao exército inglês, temido justamente pela habilidade dos homens com o arco. Sob a liderança de Eduardo III, o Príncipe Negro de Gales, Thomas se envolve em batalhas e aventuras que, sem perceber, o lançam na busca do lendário Santo Graal.

Da Literatura

Um blog sobre livros e amor pela leitura

Mais um Leitor

Para quem ama boas histórias

Sweet Little Books

por Anna Carolina Costa

Livros na Mochila

Tudo sobre livros da atualidade,resenhas,sorteios e muito mais.

Razão Inadequada

Uma postura inadequada é a nossa maneira de viver em uma cultura da adequação...

Textos & Trechos

Aqui, palavras valem mais que mil imagens.

gavetas de pensamentos

um lugar para trocar idéias

Sonhos de jabuticaba

Diário de uma preguiçosa, ansiosa, sonhadora e com olhos de jabuticaba.

conversademeiofio

por Lenivaldo Leni

Falando em Literatura...

só boa literatura desde 2008

Olhando por aí

livros, estudos, letras, bullet journal, EAD e mais

Funcionária do Mês

Beleza, comportamento e atualidades sob o ponto de vista de uma workaholic.

Vanessa ML

Sou uma psicóloga que adora escrever!